Carta de Goiânia

 NOTÍCIA MUITO SIGNIFICATIVA 

     Uma incursão pela História da Educação Brasileira, em tempos de Assembleia Constituinte nos anos 1986, nos revela a mobilização de cinco mil educadores representados pelas Entidades Científicas Associação Nacional de Educação (ANDE), Associação de Pós-Graduação em Educação (ANPEd), Centro de Estudos Educação e Sociedade (CEDES), participantes da IV Conferência Brasileira de Educação (CBE), em Goiânia, de 2 a 5 de setembro de 1986.

     A Carta em pauta foi redigida durante a Plenária de 5/9/1986, no Ginásio de Esportes da Universidade Católica de Goiás, hoje Pontifica, como real expressão da defesa da escola pública, gratuita, laica e com qualidade para todos os brasileiros e todas as brasileiras. Essa defesa foi materializada com a inscrição na Constituição Federal de 5 de outubro de 1988.  

 Acesse a Carta de Goiânia clicando no linkCarta de Goiânia 2 a 5 de Setembro de 1986

 

Copyrights © 2018 - Grupo de Pesquisa em Políticas Educacionais e Gestáo Escolar. Todos direitos reservados.